Sobre Nós

DSC00175_1600x1200






   











 
A  Casa é formada por uma base familiar. A princípio, o guia espiritual só atendia à família do diretor de culto. Foi  se expandindo para os amigos e amigos dos amigos.  

O diretor de culto é uma pessoa ativa, e que não dispõe de tempo integral para dedicar a casa.     
 
Por este motivo só acontecem duas reuniões por mês (desenvolvimento e gira do santo) e o atendimento é agendado com autorização do guia espiritual. 

A casa ainda não é aberta ao público. Só participam os médiuns e os consulentes antigos.

Todas as solicitações para participar dos trabalhos da casa devem ser da seguinte maneira:

Solicitar e informar a necessidade da consulta e aguardar a autorização do guia chefe do Terreiro. 
  
Ele é que decide se alguém pode ou não ser atendido pelos guias da casa.

A intenção do guia é evitar que alguns irmãos queiram testar as entidades e fazer trabalhos que não condiz com a casa. Evitando assim, o deslocamento do médiun que mora em município distante e perder o tempo precioso dos nossos guias mentores com coisas banais. 
 
O terreiro de Umbanda é caridade pura. Não há cobrança de consultas.  E por este motivo alguns irmãos  desorientados  abusam e confundem o nosso trabalho.

 

Esta casa Umbandista  a pedido do mentor espiritual "Pai Joaquim das Almas" ainda encontra-se fechada ao público. A participação nos trabalhos realizados na casa se darão somente após autorização do mentor. E é restrita aos médiuns e seus familiares autorizados. Após estruturação da forma de trabalho na casa, informaremos a abertura do terreiro. 
Na Umbanda não se admite a cobrança de consultas, não faz amarrações, adivinhações e não utiliza sangue em seus trabalhos.

  Site Map